|Life Style| Paraquedismo

Olá gente,

Estou realmente empenhada em fazer dessas férias as melhores que já tive! E, sabe o que eu inventei agora? Paraquedas! Na última sexta feira estava eu em Boituva para uma das experiências mais inexplicáveis da minha vida.

DCIM296GOPRO
DCIM296GOPRO

A primeira coisa que você precisa é ter coragem de marcar sua reserva, a partir de então, garanto que vale a pena, e nem pensar em desistir. Não sou uma pessoa corajosa ou apaixonada por adrenalina, mas, quero ter história pra contar.

É necessário se alimentar bem e, uma hora antes do salto, ingerir muito açúcar. A descarga de adrenalina é tão forte que o nosso corpo vai precisar de muito açúcar  para curtir a aventura até o fim. Vestimos ( eu e o Leonardo, meu namorado que está indo em todas comigo) nossos macacões especiais, colocamos o equipamentos, nossos instrutores nos explicaram os procedimentos e, estávamos prontos!

DCIM296GOPRODCIM296GOPRO

Eu estava em PÂNICO antes de subir no avião, mas, nem pensei em recuar. E, quanto mais o avião subia, mais vontade de pular eu estava ficando. Como no rapel o primeiro passo pra trás é o mais difícil, no paraquedas, o primeiro passo pra frente é o pior.

DCIM296GOPRODCIM296GOPRO

Pulei! E, depois disso, além da sensação estranha que é q queda livre: uma mistura de “vou morrer” com “quero de novo”, tudo ficou bem quando o paraquedas abriu (ufa!). Tive a vista mais bonita que alguém poderia ter.

DCIM296GOPRODCIM296GOPRODCIM296GOPRO

Se eu vou de novo? Bom, quem sabe daqui um tempo, porque ainda consigo lembrar nitidamente como foi saltar do avião. Se eu aconselho vocês a irem? Com certeza!

Eu saltei pelo “Paraquedismo Boituva”.

Deixe um comentário